Você está em: Início Novidades

PF e PRF: em análise, pedidos de 2.058 vagas em concursos.

05/05/2016

As polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF) possuem pedido de concurso no Ministério do Planejamento visando à abertura de um total de 2.058 vagas de policial, com requisito de formação superior e remunerações iniciais de R$7.177,91 e R$17.288,85, conforme o cargo. Em função do grande déficit de pessoal, e possível aumento da defasagem nos próximos anos, a expectativa é que as seleções sejam consideradas exceções à restrição de concursos imposta pelo governo federal até 2017. Para a PF, a solicitação é de confirmação de verba para o preenchimento de 558 vagas, sendo 491 de delegado e 67 de perito. Isso porque desde o fim de 2014, o órgão não precisa mais de autorização do Planejamento para convocar concursos para a área policial. Mas na prática, a PF acaba continuando dependente da pasta. Após o ministro da Justiça, Eugênio Aragão, decidir, no último dia 26, liberar toda a verba prevista para a PF no Orçamento da União antes da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado Federal, no próximo dia 11, a fim de evitar possíveis interferências no órgão do eventual novo governo, a diretora de Comunicação da Associação Nacional dos Delegados Federais (ADPF) ressaltou a importância da autonomia orçamentária da instituição, pleiteada pela entidade. Com a autonomia, a PF ficaria livre para gerenciar a realização de seus concursos e preenchimento de vagas.

 

CARREIRAS POLICIAIS – Polícia Federal, PRF e Polícia Civil


No caso da PRF, foram pedidas 1.500 vagas de policial rodoviário federal. No último dia 20, a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) voltou a se reunir com o ministro Aragão, que se comprometeu a agilizar a negociação das demandas da categoria, que inclui a autorização do concurso. A PRF corre o risco de perder cerca de 4 mil policiais (40% do seu efetivo atual) nos próximos dois anos, em razão de aposentadorias.

Fonte: folha dirigida

Ver todas as novidades