Você está em: Início Novidades

IBGE - INSTITUTO JÁ INSCREVE NO CONCURSO PARA 600 VAGAS

06/01/2016

 

Tiveram início, às 14h desta segunda, 4 de janeiro, as inscrições do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para preencher 600 vagas em cargos dos níveis médio e superior. Conforme antecipado por FOLHA DIRIGIDA, foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) de 28 de dezembro dois editais, um com as regras da disputa do cargo de técnico, de nível médio, e o outro com as do analista e tecnologista, de 3º grau. Esta seleção será para a contratação de efetivos.
 
As remunerações variam de R$3.471,85 a R$9.107,88, e o regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade. Os editais saíram 20 dias antes do prazo legal estabelecido pelo Ministério do Planejamento (17 de janeiro), conforme prometera o IBGE.  Durante o prazo de validade do concurso, de um ano, prorrogável por igual período, poderá haver convocações extras, tendo em vista as necessidades de pessoal da fundação. Há reserva de vagas para deficientes (5%) e negros (20%).

As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV) até o dia 28 de janeiro. As taxas são de R$49 para técnico e de R$69 para analista e tecnologista. Os membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, poderão pedir a isenção da taxa durante todo o prazo de inscrição. O resultado preliminar dos pedidos de isenção será divulgado no dia 11 de fevereiro, cabendo recursos entre os dias 12 e 15 do mesmo mês. A análise final dos pedidos será liberada no dia 22.

O técnico do IBGE tem remuneração inicial de R$3.471,85, somando vencimento de R$2.216,45, gratificação de desempenho de R$882,40 e auxílio-alimentação de R$373. Se o servidor tiver alguma qualificação esse valor aumenta, chegando a até R$5.011,01. Analista e tecnologistas recebem rendimento inicial de R$7.373,49, considerando vencimento de R$4.352,49, gratificação de desempenho de R$2.648 e auxílio-alimentação de R$373. Com qualificações, o valor sobe para até R$9.107,88 (doutorado). O edital informa ainda que é oferecido assistência à saúde (médica e odontológica) do servidor e de seus dependentes, com valores que variam de R$82,83 a R$167,70 e auxílio-transporte, variável.

Serviço
 Inscrições: www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge
 
Provas serão aplicadas em abril

As provas objetivas do concurso do IBGE já têm dias e horários marcados: ocorrerão em 10 de abril, para analistas e tecnologistas, e no dia 17 do mesmo mês, no caso dos técnicos. Para os três cargos, a avaliação será aplicada das 13h às 17h, exceto o analista da área de Análise de Sistemas/Desenvolvimento, que fará a prova das 13h às 18h. Tendo por base essas datas, os interessados ganharam a chance de estudar focando no programa oficial por pouco mais de três meses, tempo suficiente para lograr a aprovação. Os candidatos a técnico serão submetidos a 60 questões, sendo dez de Conhecimentos Específicos do IBGE, 15 de Geografia, 15 de Matemática e 20 de Língua Portuguesa.

Os concorrentes a analista e tecnologista serão submetidos a 70 questões, exceto os da área de Análise de Sistemas/Desenvolvimento, que responderá a 60 e fará uma prova discursiva. O exame objetivo versará sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Raciocínio Lógico Quantitativo) e Conhecimentos Específicos. O número de questões por disciplina varia. Para o técnico, será aprovado quem conseguir, pelo menos, 40% dos pontos da prova, sem zerar nenhuma disciplina. Para analista e tecnologista, estará apto quem alcançar 50% dos pontos da prova, sem zerar nenhuma matéria, além de obter uma pontuação mínima na parte específica, que varia de acordo com a área pretendida.

Os candidatos realizarão as provas no município no qual optaram por concorrer, conforme consta do subitem 2.3 do edital. O resultado final do concurso está previsto para 30 de maio, no caso do técnico, e em 13 de junho, para analistas e tecnologistas. 
 
Fonte: Folha Dirigida

 

Ver todas as novidades