Você está em: Início Novidades

INSS: ENFIM, CHEGOU O MÊS DAS 950 VAGAS PARA TÉCNICO E ANALISTA

01/12/2015

Com o término do concurso de remoção interna de técnicos e analistas, cujos resultados finais foram publicados na última sexta-feira, dia 27, começa a contagem regressiva rumo à publicação do edital do concurso para 950 vagas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O documento já tem data para sair: segundo uma fonte ligada à seleção, no dia 18, última sexta-feira antes do Natal, as regras serão publicadas no Diário Oficial da União (DOU). A 'novela' chamada INSS, portanto, está próxima de ter seu capítulo final. Caso a previsão da fonte se confirme, serão quase dois anos, contados do pedido das vagas, até a abertura do concurso, prazo mais do que suficiente para quem estudou com antecedência garantir a vaga.
 
A previsão da fonte vai ao encontro da que foi feita pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps). Segundo o diretor Moacir Lopes, além do edital sair nessa data, as provas objetivas ocorrerão em fevereiro ou março, e as contratações, em abril do próximo ano. Questionada sobre a data das provas, a fonte não soube precisá-la. As informações extraoficiais confirmam ainda as previsões feitas pelo diretor de Gestão de Pessoas do INSS, José Nunes Filho. Segundo ele, a autarquia precisa concretizar a contratação do Cespe/UnB, escolhido como organizador, por dispensa de licitação.
 
O dirigente garantiu também que o edital sairá este mês, e que as provas objetivas e as contratações ocorrerão no próximo semestre, independentemente do cenário de ajuste fiscal. Questionado sobre a publicação do edital no dia 18 deste mês, o INSS não se manifestou. A portaria de autorização do Ministério do Planejamento dá prazo para publicação do edital até o dia 29, mas a autarquia sempre manifestou o desejo de antecipá-lo para antes das festas de fim de ano, o que também confirma as informações passadas pela fonte e sindicalistas.
 
Os concursos de remoção interna eram os últimos entraves para a definição da distribuição das vagas. Os resultados não mostram, porém, como deverão ser alocadas as 950 vagas, pois não indicam a origem do servidor, apenas seu destino. Das 950 vagas, 800 serão de técnico do seguro social, que exige o nível médio e tem remuneração atual de R$4.614,87 (chegando a R$5.259,87, após seis meses), e 150 de analista, para graduados em Serviço Social, com rendimentos de R$6.832,89 (até R$7.869,09). Esses valores aumentarão em agosto do próximo ano, após o acordo para dar fim à greve do INSS. O técnico receberá R$4.768,90 (R$5.413,90, após seis meses) e o analista R$7.014,05 (R$8.050,25,após seis meses). O INSS contrata pelo regime estatutário, com estabilidade.
 
Fonte: Folha Dirigida

 

Ver todas as novidades