Você está em: Início Novidades

Prazo aberto para temporários no IBGE: R$1.708, mais benefícios

05/07/2016

 

A partir desta terça-feira, dia 5, restam apenas duas semanas para inscrever-se no concurso 2016 do IBGE, destinado a preencher 7.825 vagas temporárias. A função em destaque no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, por exigir apenas o nível médio, é agente de pesquisas e mapeamento, com oferta de 7.500 vagas e  ganhos mensais de R$1.708 (vencimentos de R$1.250 mais auxílio-alimentação de R$458). Os selecionados serão contratados por até três anos, sendo submetidos a avaliações mensais.
 
A seleção é uma boa oportunidade, principalmente para jovens que buscam o primeiro emprego e desempregados que desejam retornar ao mercado de trabalho. Hoje, há 11,4 milhões de brasileiros procurando e não encontrando ocupação, e por isso, a expectativa do IBGE é de disputa bastante acirrada. Os classificados terão direito a auxílio-transporte (variável), licenças (maternidade, paternidade ou adoção), 13º salário, férias e recolhimento do INSS, mesmas vantagens dos efetivos (com exceção do FGTS), o que torna o concurso mais atrativo. Das 7.500 vagas para agente de pesquisas e mapeamento, o Estado do Rio de Janeiro conta com 713, 517 delas na Região Metropolitana. Na capital, são 343. Dentro das 7.500 vagas, há reserva para deficientes (5%), negros e pardos (20%). 

As inscrições são aceitas no site da Fundação Cesgranrio, até o dia 19 deste mês. A taxa é de R$30, e deve ser paga em qualquer agência do Banco do Brasil. Os pedidos de isenção, dos membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, podem ser feitos na página eletrônica da organizadora, até o último dia de inscrição. O resultado preliminar das solicitações sairá no próximo dia 26, com recursos nos dias 27 e 28. A relação final sairá em 4 de agosto. O concurso tem validade de dois anos, prorrogável por igual período, e os contratados atuarão na primeira etapa da produção de pesquisas, que é a coleta de dados, em mais de 580 municípios. Os agentes participam de todas as pesquisas do IBGE, o que inclui, por exemplo, a Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), de Orçamentos Familiares (POF), de Informações Básicas Municipais (Munic) e de Informações Básicas Estaduais (Estadic).

Serviço
Inscrições: www.cesgranrio.org.br

Programa para prova objetiva é simples

A vantagem dos candidatos a agente de pesquisas e mapeamento (nível médio) do IBGE é que precisam estudar apenas três disciplinas, e os programas são relativamente curtos (veja ao lado). Os concorrentes serão avaliados por meio de 60 questões objetivas, em 4 de setembro, das 13h às 17h. A avaliação versará sobre Língua Portuguesa (25 questões), Geografia (20) e Raciocínio Lógico (15). Para conseguir a aprovação, o candidato precisará acertar, pelo menos, 18 questões (30%), sem zerar nenhuma matéria. O resultado final do concurso está programado para ser divulgado no dia 3 de outubro, e a previsão do IBGE é que os aprovados comecem a ser contratados imediatamente, ou seja, já a partir de 4 de outubro. O órgão também tem a perspectiva de chamada de excedentes.

Veja programa oficial de agente
 
Segue abaixo o programa oficial das provas objetivsa do concurso para agente de pesquisas e mapeamento do IBGE. Serão cobradas apenas três disciplinas: Português, Raciocínio Lógico e Geografia.  Não perca tempo e inicie agora a mesmo a sua preparação!

LÍNGUA PORTUGUESA I - Compreensão de texto. II - Significação das palavras: sinônimos, antônimos, homônimos e parônimos. III - Pontuação. Estrutura e sequência lógica de frases e parágrafos. IV - Ortografia oficial; acentuação gráfica. V - Concordância nominal e verbal. VI - Regência nominal e verbal; crase. VII - Emprego dos verbos regulares, irregulares e anômalos. VIII - Emprego e colocação dos pronomes.

RACIOCÍNIO LÓGICO I - Avaliação da habilidade do candidato em entender a estrutura lógica de relações entre pessoas, lugares, coisas ou eventos, deduzir novas informações e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. II - As questões da prova poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas; lógica de argumentação; diagramas lógicos; aritmética; álgebra e geometria básica.

GEOGRAFIA I - Noções básicas de Cartografia (orientação: pontos cardeais; localização: coordenadas geográficas, latitude, longitude e altitude; representação: leitura, escala, legendas e convenções). II - Aspectos físicos e meio ambiente no Brasil (grandes domínios de clima, vegetação, relevo e hidrografia; ecossistemas). III - Organização do espaço (agrário: atividades econômicas, modernização e conflitos; e urbano: atividades econômicas, emprego e pobreza; rede urbana e regiões metropolitanas). IV - Dinâmica da população brasileira (fluxos migratórios, áreas de crescimento e de perda populacional). V - Formação Territorial e Divisão Político-Administrativa (organização federativa).
 
Fonte: Folha Dirigida

Ver todas as novidades